Confira o depoimento emocionante de três associadas à UPPMESP

As senhoras Julia, Telma e Aparecida contam por que vale a pena participar da Entidade! Confira.


Desde que foi fundada, a União das Pensionistas de Policiais Militares do Estado de São Paulo (UPPMESP) têm, como grande propósito, o desejo de acolher a todas as mulheres da Família Policial Militar que, por infortúnio do destino, perderam seus entes queridos. E, para nós, não há nada mais gratificante do que saber que fomos capazes de fazer a diferença, tal como fizemos na vida dessas corajosas associadas que compartilham suas impressões a seguir.

 

 

“Meu pai era Policial Militar e, com o falecimento dele em 1994, minha mãe e eu precisamos de bastante apoio. A associação nos ajudou muito com toda a parte de advogados, inclusive a respeito de ações a que meu pai tinha direito – e que nós nem imaginávamos! No começo foi assim, essa parte mais burocrática. Mais recentemente, eu descobri o outro lado da associação, o do calor humano. Depois que me aposentei, comecei a frequentar os eventos, e compreendi que a União das Pensionistas dá uma força muito grande para as pessoas. Ela está aí para ajudar em qualquer coisa que você precise. Somos uma grande família”.
Julia Elisabete Alves Ferreira, 50 anos

 

 


 

 

“Meu pai morreu faz mais de 40 anos. Sempre quis fazer parte da UPPMESP, mas tinha medo. Tinha muito medo. Achava que não ia ter acolhimento. Hoje posso dizer que me arrependo muito de não ter vindo antes! Assim que comecei, fiz amizade com todo mundo e são pessoas maravilhosas! Sou enfermeira aposentada e tenho um problema nas pernas. Se eu não saísse de casa para atividades como os eventos da União das Pensionistas, acho que já estaria em uma cadeira de rodas. Graças a Deus, minha vida está cada dia melhor!”.
Telma Maria Ribeiro, 68 anos

 

 

 


 

“Faço parte da associação desde 1992, logo depois que fiquei viúva. As palavras que melhor definem são aconchego e amizade! Todas são muito amigas e amáveis. A ajuda que a Entidade dá é linda de se ver. Aqui, a gente encontra acolhimento e entendimento. A União das Pensionistas é um ombro amigo, um lugar que dá apoio para tudo o que você precisar. Você chega chorando e sai sorrindo. É para isso que nos unimos: para sorrir juntar, apesar das agruras da vida”.
Aparecida Marlene Pilan Camolez, 68 anos

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *